Com certeza uma das tantas perguntas que mais rondou a cabeça dos recém músicos é: afinal, baixo e contrabaixo são o mesmo instrumento?

Existem diferenças entre o contrabaixo elétrico, usado em quase todos os estilos de música rock e pop, e o contrabaixo acústico, das orquestras clássicas e músicos de jazz.

Além de unir a harmonia e o ritmo da música, esse instrumento possui um timbre grave que dá corpo para a música.

Mas afinal, qual a diferença entre baixo e contrabaixo?


Segundo músicos profissionais, existe uma vasta diversidade de modelos de baixo e contrabaixo disponíveis no mercado: baixos com 4, 5 ou 6 cordas. Além das coras, outro aspecto que diferencia os instrumentos é a captação ativa ou passiva.

A maneira como um instrumento é denominado leva em consideração a classificação das vozes na música clássica: o baixo é a categoria a que pertence a voz masculina, que possui um timbre grave e potente, em oposição ao contralto, que é o equivalente desta classificação na voz feminina.

O baixo elétrico ficou popular com o modelo Precision Bass, lançado por Leo Fender nos Estados Unidos em 1951. O modelo ficou popularizado pelo beatle Paul McCartney e pelo baixista de jazz norte-americano Jaco Pastorius.

Além das diferenças entre o baixo acústico e o elétrico, existe a classificação da captação ativa e passiva:
Baixos com captação ativa possuem uma ou duas baterias de nove volts, que emitem um sinal para um pré-amp, garantindo maior ganho para o som. Esse modelo é ideal para contrabaixistas que tocam com slap (aquelas batidas rápidas nas cordas);
Baixos de captação passiva usam ímãs para captar o som e mandá-lo diretamente ao amplificador, dando origem a um som mais natural, com menos ganho. Fazem parte desta leva os primeiros modelos de contrabaixo, da década de 1950.

Quais os principais modelos de baixo?


Atenção músicos de plantão: entre os principais modelos de baixo ou contrabaixo com captação ativa estão o Music Man, Bongo e Dimension Sabre. O último modelo conta com uma excelente tocabilidade, corpo confortável e captador com alto ganho.

Já os modelos de captação passiva mais famosos e recomendados são o Jazz Bass, Precision Bass e o Jaguar Bass. Este último conta com um corpo anatômico e escala curta, unindo pegada e conforto.

Independente do modelo, escolha sempre o instrumento que cabe no seu bolso e que tem uma boa tocabilidade.

Pesquise bastante antes de realizar a compra e saiba que pode contar com a Alfibras em todas as suas escolhas e compras!

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

You May Also Like