A guitarra pode ser considerada um dos principais instrumentos para a evada de uma boa música. A escolha das cordas ideais é de extrema importância. O mercado desse nicho oferece uma infinidade de modelos e tipos de cordas, mas qual escolher? A gente vai te ajudar com o artigo de hoje.

Existem três fatores que precisam ser levados em consideração na hora de escolher os tipos de cordas da guitarra: material, calibre e tipo. Para começo de conversa, precisamos entender que existem diversos calibres de corda. Quanto mais fino é o calibre, mais fácil será de tocar o instrumento.

Aqui falamos principalmente no que se refere à técnica de puxar a corda da guitarra para cima ou para baixo, buscando alcançar uma nota mais à frente. Vale destacar que, quanto mais fina é a corda da guitarra, mais “magro” e com menos volume e pressão sonora é o timbre. Outro ponto bem negativo é que cordas mais finas costumam arrebentar com mais facilidade.

Quando falamos das cordas mais grossas, o som fica mais encorpado. Mas, assim como as cordas finas, as grossas também possuem um ponto negativo. Elas podem dificultar e até mesmo inviabilizar certas técnicas para tocar guitarra.

Muitos são os tipos e calibres de cordas e cada um possui sua particularidade. Com os timbres diferentes, fica ainda melhor a busca por uma sonoridade em específico.
Vamos falar um pouco sobre o material que são feitas as cordas para guitarra. Existem cordas feitas de nylon, de bronze, de níquel, etc. Confira os principais materiais:
• Nyckel: cordas revestidas de níquel;
• Stainless steel: cordas de aço inox;
• Pure nyckel: cordas feitas somente de níquel;
• Gold: cordas revestidas por ouro de 24 quilates.

Por último, mas não menos importante, falaremos sobre os tipos de encordoamento disponíveis no mercado. São três tipos de encordoamento, cada um com suas características específicas, que lhes conferem uma sonoridade:
• Roundwound: popularmente utilizadas em guitarras, são aneladas e possuem um timbre mais aberto. São perfeitas para tocar qualquer estilo musical;
• Halfwound: considerada mais equilibrada, possui graves e agudos por igual. Esse tipo de corda é semi aneladas;
• Flatwound: com um timbre mais encorpado, são mais grave. São cordas lisas, por isso aquele deslizar das cordas ao mudar de acorde é menos audível.

Dentre tantas opções disponíveis no mercado, qual deve ser a escolha da corda? O mais importante e que se deve levar em consideração é escolher um jogo de cordas que lhe proporcione conforto e a sonoridade que você busca. Boa escolha!

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

You May Also Like